"The Crown", "His Dark Materials", "The Man in the High Castle": 10 séries que estreiam em novembro

07.11.2019 | 08h52
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
"The Crown" entra uma nova fase temporal nos novos episódios

BLOG

Universo Compartilhado

Confira as principais novidades do mês

Séries históricas, aventuras fantásticas e que discutem assuntos importantes para a sociedade estão entre os destaques de novembro na TV e nas plataformas de streaming. Somente nos cinco primeiros dias do mês, alguns dos lançamentos mais aguardados do ano foram liberados e já estão disponíveis para os assinantes.

No Globoplay, por exemplo, além de poder rever as oito temporadas de 24 Horas, o espectador terá uma produção original e exclusiva para a plataforma: Eu, a Vó e a Boi, estrelada por Arlete Salles e Vera Holtz. Na Netflix, os assinantes estão contando os dias para nova fase de The Crown, prevista para o dia 17. Já a HBO aposta em uma série a respeito da história do aviador brasileiro Santos Dumont.

Confira a lista completa:

Entre 1º e 5 de novembro

The Morning Show

Onde ver: Apple TV+

Alex Levy (Jennifer Aniston) é uma âncora das antigas de um telejornal que divide a bancada com seu colega famoso Mitch Kessler (Steve Carell). Ele é demitido da emissora após denúncias de má conduta sexual. Já Reese Witherspoon interpreta Bradley Jackson, que vê sua vida mudar ao ser promovida para a cadeira desocupada do noticiário.

Por que assistir? Grande aposta da nova plataforma de streaming da Apple, The Morning Show mostra e discute casos de abusos e assédio sexual no ambiente de trabalho.

Queer Eye: Luz, Câmera, Japão

Onde ver: Netflix

A nova temporada de Queer Eye mantém a fórmula de sucesso: boas histórias que são resolvidas de forma inteligente. Como nos anos anteriores, Antoni Porowski (comida e vinhos), Bobby Berk (design de interiores), Karamo Brown (cultura), Jonathan Van Ness (aparência e cuidados pessoais) e Tan France (moda) seguem em suas áreas específicas de atuação para ajudar a vida das pessoas. Nessa fase, são quatro episódios especiais filmados no Japão.

Por que assistir? A identificação com os problemas dos convidados da trupe é universal. A cada episódio, o espectador reconhece algum valor de sua vida no meio dos debates dos Cinco Fabulosos.

The End of the F***ing World

Onde ver: Netflix

Na primeira temporada, James (Alex Lawthere) acredita que é um psicopata e tenta assassinar Alyssa (Jessica Barden), mas os dois acabam viajando juntos. No segundo ano, os dois devem se aproximar ainda mais.

Por que assistir? São oito episódios extremamente curtos, de menos de meia hora, e nesta nova temporada há a adição de Bonnie, interpretada por Naomi Ackie, que está no elenco do próximo filme da franquia Star Wars.

His Dark Materials

Onde ver: HBO (exibições às segundas-feiras, 23h)

Com oito episódios, a produção reintroduz a história de Lyra, jovem que decide fugir de casa para descobrir o paradeiro de um amigo desaparecido - descrita na adaptação para os cinemas em A Bússola de Ouro (2007), de Chris Weitz. Durante a aventura, ela acaba descobrindo um complô que envolve crianças roubadas e um fenômeno misterioso e mágico, conhecido como "dust".  

Por que assistir? É inspirada na saga de livros homônima do britânico Philip Pullman - no Brasil, publicados como Fronteiras do Universo. No elenco, estão  Dafne Keen (de Logan), James McAvoy (de Fragmentado) e Lin-Manuel Miranda (do musical Hamilton).

10 de novembro

Santos Dumont

Onde ver: HBO (exibições aos domingos, 21h)

A minissérie de seis episódios é ambientada no fim do século XIX e retrata a vida de Alberto Santos Dumont,  considerado o "pai da aviação", desde a vida pessoal até a profissional. A produção foi toda ambientada no Brasil e na França, e possui diálogos em português, inglês, espanhol e francês.

Por que assistir? Série protagonizada por João Pedro Zappa (de Rasga Coração) deve fazer um retrato do período histórico, desde a infância do aviador nos cafezais de sua família no interior de Minas Gerais até os sofisticados salões e aeroclubes de Paris.

15 de novembro

The Man in the High Castle

Onde ver: Amazon Prime Vídeo

O seriado ganhou repercussão por narrar um futuro distópico em que as Forças Aliadas teriam perdido a Segunda Guerra Mundial. Nessa nova fase, a Resistência se torna agora uma gigante rebelião, conduzida pela visão que Juliana Crain (Alexa Davalos) tem sobre um mundo melhor. Um novo movimento negro insurgente nasce para lutar contra as forças do nazismo e imperialismo.

Por que assistir? Quarta e última temporada do seriado deve ser marcada por guerra e revoluções.

New Amsterdam

Onde ver: Globoplay

New Amsterdam acompanha a rotina do dedicado e brilhante Dr. Max Goodwin (Ryan Eggold), novo diretor médico do hospital, que faz de tudo para superar os problemas de infraestrutura e a burocracia para atender os pacientes. A produção foi uma das mais aclamadas pela crítica nos EUA e foi renovada para uma segunda temporada.

Por que assistir?  Produzida por Peter Horton (de Grey's Anatomy), série é inspirada em histórias reais passadas no hospital mais antigo dos Estados Unidos.

17 de novembro

The Crown

Onde ver: Netflix

Conforme divulgado pelos teasers, a Rainha Elizabeth II terá que contornar os problemas e as mudanças na Grã-Bretanha, enquanto precisa lidar com a realeza britânica e sua vida pessoal.

Por que assistir? Os novos capítulos da atração narram eventos que aconteceram a partir de 1964, mostrando acontecimentos como a ascensão dos Beatles e também a vitória da Inglaterra na Copa do Mundo em 1966.

28 de novembro

MotherFatherSon

Onde ver: Globoplay

Max é um poderoso empresário de comunicação, pai de Maden, um diretor de um importante jornal britânico. No entanto, ele pode colocar em risco o futuro do império da família quando se afunda em um estilo de vida autodestrutivo.

Por que assistir? É estrelada por  Richard Gere, Billy Howle e Helen McCrory.

29 de novembro

Eu, a Vó e a Boi

Série retrata uma briga de vizinhas contada em um thread, que funciona como uma espécie de aglutinador de tuítes que falam sobre um mesmo assunto. Um jovem narrou a confusão entre a avó e uma mulher que teria se formado quando as duas eram crianças e foi aumentando com o passar do anos, principalmente por causa da disputa por namorados. "Boi" seria o apelido que a avó deu à rival - antes ela a chamava de "vaca", mas entendeu que era um termo machista.  

Por que assistir? Nova aposta original do Globoplay, seriado é estrelado por Arlete Salles e Vera Holtz.

*por GaúchaZH

Matérias Relacionadas