Adeus Pantera Negra: presidentes da Marvel e Disney se pronunciam sobre a morte de Chadwick Boseman

29.08.2020 | 15h18 - Atualizada em: 30.08.2020 | 23h22
Leonardo Souza
Por Leonardo Souza
PN47 imagem divulgação

BLOG

Universo Compartilhado

O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, e o presidente da Disney, Bob Iger, divulgam declarações sobre o falecimento da estrela de Pantera Negra, Chadwick Boseman.

Hollywood foi abalada pela notícia na noite passada de que Chadwick Boseman morreu de câncer de cólon. Aos 43 anos, o ator faleceu em sua casa cercado pela família. Boseman nunca mencionou publicamente sobre seus problemas de saúde desde que foi diagnosticado há quatro anos. Na verdade, ele permaneceu ativo, gravou uma série de filmes, além de manter os compromissos com o Universo Cinematográfico Marvel, o UCM. A indústria e todos que ele tocou por meio de seu ofício ou trabalho social, agora lamentam a perda, incluindo a família Marvel Studios. Os executivos da Marvel e da Disney, Kevin Feige e Bob Iger, divulgaram recentemente declarações sobre o falecimento prematuro de Chadwick Boseman, que interpreta o Pantera Negra no UCM.

Logo após a notícia de que Boseman não resistiu à luta contra o câncer de cólon, o arquiteto da Marvel, Kevin Feige, divulgou um comunicado para homenagear a vida do ator e expressar sua tristeza.

"A morte de Chadwick é absolutamente devastadora. Ele era nosso T’Challa, nosso Pantera Negra e nosso querido amigo. Toda vez em que ele pisava no set, ele transbordava carisma e alegria, e toda vez em que ele aparecia em tela, ele criava algo realmente indelével. Ele incorporou muitas pessoas incríveis em seu trabalho, e ninguém era melhor em dar vida a grandes homens. Ele era tão inteligente, gentil, poderoso e forte quanto qualquer pessoa que retratou. Agora ele ocupa seu lugar ao lado deles como um ícone para todos os tempos. A família Marvel Studios lamenta profundamente sua perda, e estamos de luto esta noite com sua família."

Pouco tempo após a declaração de Feige, o presidente e atual CEO da Disney, Bob Iger, foi ao seu twitter falar sobre a morte de Boseman.

“Estamos todos de coração partido por essa perda trágica do Chadwick Boseman, um talento extraordinário e uma das almas mais gentis e generosas que eu já conheci. Ele trouxe uma força enorme, dignidade e profundidade para seu papel inovador como o Pantera Negra, quebrando mitos e estereótipos, tornando-se um herói para milhares ao redor do mundo e inspirando a todos nós sonharmos mais e demandar mais do que o ‘status quo’. Estamos de luto por tudo aquilo que ele era, assim como tudo que ele estava destinado a ser. Para os amigos e milhares de fãs, a ausência das telas só é ofuscada por sua ausência de nossas vidas. Todos nós na Disney mandamos nossas orações e condolências para sua família.”

Todos os os papéis de Chadwick Boseman foram numa certa medida uma exaltação da cultura negra e das personalidades mais importantes da luta pelos direitos civis. O primeiro filme dele a chamar atenção do público e crítica foi quando interpretou Jackie Robinson, o primeiro jogador profissional afro-americano a jogar na Major League de Baseball na era moderna, a partir de 1947, jogando pelos Dodgers, onde até então apenas jogadores brancos participavam da Liga. Jackie Robinson acabou sendo colocado no Hall da Fama do Baseboll em 1962 por conta disso. Em 2014 Boseman interpretou James Brown, o Rei do Soul, de gênio indomável e personalidade controvertida, capaz de levantar bem alto a bandeira dos direitos civis na América dos anos 1960. Em 2017 o ator fez "Marshall", filme sobre a história de Thurgood Marshall, um advogado americano e ativista dos direitos civis que atuou como juiz na Suprema Corte dos EUA, de 1967 a 1981. Marshall foi o primeiro juiz afro-americano da Suprema Corte.

Os mais recentes trabalhos do ator são "Da 5 Bloods", de Spike Lee, e o filme ainda inédito que gravou ao lado de Viola Davis. Com certeza Chadwick Boseman vai fazer falta nas telas e, fora delas, para a comunidade que ele tanto ajudou ao longo da vida.

Ver essa foto no Instagram

#chadwickbosemanforever

Uma publicação compartilhada por Chippu (@chippuoficial) em

Matérias Relacionadas