Álbum de Tim Maia, inédito e em espanhol, é lançado mais de 50 anos após gravação

28.05.2021 | 08h28 - Atualizada em: 02.06.2021 | 07h08
Folhapress
Por Folhapress
Tim Maia

BLOG

Mundo Itapema

O disco tem nove faixas e reúne versões em espanhol das faixas de "Eu Te Amo", primeiro trabalho de Tim Maia

Um disco inédito de Tim Maia foi lançado na última terça-feira (25) nas plataformas digitais. O álbum póstumo Yo Te Amo traz hits do músico cantados em espanhol e chega 51 anos depois de sua gravação original, realizada em 1970. O anúncio do registro foi feito na semana passada, no blog de Mauro Ferreira, do G1. "Hoje, finalmente o novo álbum com versões inéditas em espanhol chegará, após um longo tratamento com temperos de amor e carinho, dos Maia. Dedico este disco ao amigo Cassiano", escreveu Carmelo Maia, filho de Tim Maia, no Instagram, na madrugada da terça.

O álbum tem nove faixas e reúne canções de Eu Te Amo, o primeiro disco do carioca, em espanhol. Ou seja, são novas versões de vários clássicos da música brasileira, incluindo Padre Cicero, Azul da Cor do Mar, Primavera e Eu Te Amo. Carmelo Maia dedicou o novo disco ao músico Cassiano, morto em maio, porque, além de ser amigo de seu pai, é compositor dos maiores sucessos de Tim, Primavera e Eu Te Amo.

As gravações estavam até então em formato analógico, arquivadas em fitas. André Dias, engenheiro de som, é quem ficou responsável pelo processo de restauração do conteúdo e seu transporte para o digital. Para isso, Dias remixou e masterizou o som. Ele precisou também excluir ruídos da versão original, mas deixou trechos de conversas vazados na gravação.

Em entrevista ao Globo, Carmelo disse que encontrou as canções em espanhol após a morte do pai, ocorrida em 1998 por causa de uma infecção generalizada. Além das plataformas digitais, Yo Te Amo também ganhará versões em CD e em LP.

Matérias Relacionadas