Black Coffee lança o aguardado álbum "Subconsciously"

08.02.2021 | 10h34 - Atualizada em: 08.02.2021 | 10h37
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
O DJ e produtor Black Coffee

BLOG

Lounge Itapema

O disco inclui participações de Pharrell Williams, David Guetta e Usher

Um lançamento diversificado e abrangente, e o primeiro de Black Coffee desde o premiado Pieces Of Me, de 2016: o álbum Subconsciously tem doze faixas que prometem explorar uma infinidade de estilos e ritmos diferentes, o que fica demonstrado na quantidade e variedade de participações espeiciais no trabalho - incluindo artistas Pharrell Williams, David Guetta e Usher. O disco estreou na Itapema no Lounge do último sábado (6).

Tudo começa com as vibrações de Lost, com o artista grego DJ Angelo e o multi-instrumentista britânico Jinadu. Há nada menos que sete singles no resto do registro, começando com a evocativa You Need Me, apresentando a cantora e modelo nascida no Bronx Maxine Ashley e a estrela sul-africana Sun-El Musician. A cantora e compositora Sabrina Claudio, em seguida, empresta seus vocais para SBCNCSLY, uma faixa dançante em acordes de piano e percussão contínua. A superestrela do pop e R&B Usher aparece em LaLaLa, música que liderou as paradas de rádio da África do Sul quando lançada, em 2019; e o ícone Pharrell Williams contribui para a energia pop de 10 Missed Calls, com vocais de Jozzy, também vencedor do Grammy.

O single Ready For You, lançado no último mês de setembro, combina um eletro-pop com os vocais da cantora e compositora britânica vencedora do BBC Sound of 2020, Celeste. Recém-coroado como o maior DJ do planeta na cobiçada lista da DJ Mag, David Guetta está em Drive, com os vocais de Delillah Montagu. O encerramento do disco, o deep house Never Gonna Forget, apresenta Diplo, combinando percussão e cordas com os vocais do líder das paradas britânicas Elderbrook.

Os destaques que não viraram single incluem I'm Fallin', de natureza melódica, com os vocais do cantor e compositor australiano Ry X; o R&B Time, com Cassie; e a potente Flava, com os companheiros sul-africanos Una Rams e Tellaman.

A propensão de Black Coffee à produção e seu conhecimento musical deu início à cena dos DJs sul-africanos, levando sua perspectiva cultural para casas de show e festivais ao redor do mundo. Black Coffee também firmou-se como filantropo e empresário, compartilhando recentemente sua iniciativa Africa Is Not A Jungle no programa The Daily Show with Trevor Noah.

Matérias Relacionadas