Disney investe em sucesso de Baby Yoda na nova temporada da série "The Mandalorian"

09.02.2020 | 10h35 - Atualizada em: 10.02.2020 | 08h42
Por Folhapress
Oficialmente "The Child" ("A Criança"), o personagem foi apelidado de Baby Yoda pelos fãs na web

BLOG

Universo Compartilhado

Desde a estreia da produção, minicriatura verde inspirou milhares de memes e se tornou um dos assuntos mais procurados na web

Após conquistar as redes sociais no final do ano passado, Baby Yoda vai ganhar mais destaque na série The Mandalorian, que terá nova temporada em outubro de 2020. Segundo o CEO da Disney, Bob Iger, o personagem terá mais presença na atual produção e tem grandes chances de ganhar uma série independente - ou "spin-off"- sobre a sua história. 

The Mandalorian é uma criação de Jon Favreau baseada no universo de Star Wars e foi lançada no ano passado na plataforma de streaming Disney+, seduzindo críticos e fãs da saga de ficção científica. Durante a primeira temporada, o personagem principal (interpretado por Pedro Pascal) criou um vínculo com uma pequena e adorável criatura chamada oficialmente de "The Child" ("A Criança"), mas apelidada de Baby Yoda pelos fãs na web. A minicriatura verde inspirou milhares de memes e se tornou um dos assuntos mais procurados na web.

Na visão de Iger, Baby Yoda conquistou o mundo e causou uma recepção sensacional. "Sabemos que existem grandes expectativas para a gama de produtos Baby Yoda que serão lançados nos próximos meses", acrescentou.

O CEO também declarou que The Mandalorian ampliará seu espectro, "incluindo a possibilidade de integrar novos personagens" que por sua vez podem ter suas próprias séries independentes. Para Star Wars, a prioridade é a televisão nos próximos anos, disse Iger.

No final de 2019, a empresa de brinquedos Hasbro anunciou a venda de produtos da série, e o Baby Yoda foi um dos destaques. A pelúcia do personagem chegou às prateleiras das lojas antes da série ser lançada em todos os países. Nos Estados Unidos, ela estreou no dia 12 de novembro, mas no Brasil está prevista para o primeiro semestre de 2020.

Além disso, apesar do apelido que ganhou dos internautas, Baby Yoda não é uma versão mais jovem do personagem Yoda. A criatura da mesma espécie, na série, tem 50 anos - frente aos 900 anos que Yoda alcançou na história original.

Matérias Relacionadas