Festival Dança em Trânsito 2019 acontece em Floripa nos dias 22 e 23 de agosto

Por Anna Rios
Creme do Céu

BLOG

Mundo Itapema

Evento chega à quinta edição com espetáculos inéditos apresentados gratuitamente na rua e nos principais teatros de Florianópolis

Pela quinta vez Florianópolis recebe o Dança em Trânsito, hoje o principal evento de Dança Contemporânea em Santa Catarina e um dos mais relevantes do país. Em 2019, o festival internacional circula por oito cidades brasileiras, além de Paris. Em SC, o circuito começa na Capital, com espetáculos de grupos do Brasil, França, Espanha, Itália e Suíça. As cidades de Capivari de Baixo, Tubarão e Alto Bela Vista, no interior do Estado, também recebem o festival itinerante. Todas as apresentações são gratuitas.

Além de colocar em evidência a produção nacional e internacional da linguagem contemporâneo, o Dança em Trânsito tem o propósito de ocupar espaços públicos e paisagens urbanas por onde circula. Este ano, para além das apresentações nos teatros Ademir Rosa (CIC) e Pedro Ivo, quatro espetáculos serão no Largo da Catedral, no Centro, e dois no Centro de Artes da Udesc. "Colocar a dança na rua é muito particular. É preciso estudar cada espaço e entender a dinâmica do lugar", diz Giselle Tapias, diretora artística e curadora do evento.

O bailarino espanhol Maximiliano Sanford, por exemplo, apresenta no Centro da Capital o solo Al Bordepeça de dança de 11 minutos que convida a experimentar diferentes sensações e imagens representadas pelo corpo do intérprete. O bailarino estimula a interação com o público que fica para assistir ou está apenas de passagem. Já Bolero de 4, do baiano João Neto, propõe um diálogo poético entre os princípios da dança contemporânea e as técnicas esportivas de bicicleta BMX.

Dança contemporânea para crianças e diálogo com artistas estrangeiros

A cada edição, a curadoria do festival procura abrir espaço para a diversidade de temas e linguagens. Em 2019, elementos do circo estão presentes em mais de um trabalho, inclusive no espetáculo infantil Creme do Céu, do Grupo Tápias (Rio de Janeiro), em cartaz no dia 22/8 no Teatro Ademir Rosa. A montagem, criada em 2017 na França, ganhou nova versão brasileira este ano e combina dança, teatro e videoarte. "São poucos espetáculos de dança contemporânea para crianças. É uma maneira de formar plateia, já que o público infantil brasileiro ainda não está tão acostumado a essa linguagem", comenta Giselle Tapias.

E o diálogo entre cias brasileiras e estrangeiras é também um dos pilares do evento. O ganho para o público se vê na oportunidade de assistir ao que há de novo, ver de perto companhias consagradas e espetáculos que dificilmente circulariam pelo Brasil. Para a classe artística, o intercâmbio resulta em aprendizado e parcerias.

Formação sobre Dança Contemporânea com francesa Marie Urvoy 

Além de promover a democratização da linguagem contemporânea da dança, o festival também aposta na formação. A intenção é promover intercâmbio entre artistas e o público em geral com diferentes níveis de técnica ou conhecimento de dança. Em Florianópolis, a francesa Marie Urvoy ministra a oficina prática de Dança Contemporânea.  A formação será no dia 22 de agosto na Cenarium Escola de Dança, das 12h às 14h. Indicado para participantes com experiência em técnicas de movimento. Gratuito.

Programação em Florianópolis

QUINTA, 22/8

15h30, no Ceart – Udesc
Bolero de 4, de João Neto (Salvador)
La Bambina Impertinente, de Cia SENSINTÉRIEURBRUT (Paris)

19h, no Teatro Ademir Rosa (CIC)
Creme do Céu, do Grupo Tápias (Rio de Janeiro)

20h30, no Teatro Pedro Ivo
Un ange passe-passe ou entre les lignes il y a un monde, da Cia À Fleur de Peau (Paris)
 

SEXTA, 23/8

13h, na Praça XV de Novembro
- Bolero de 4, de João Neto (Salvador)
- O azul do céu me indetermina, da Cia Referência em Arte (Rio de Janeiro)
I am not, Trânsito Cia de Dança (Genève, Suíça)
Al BordeMaximiliano Sanford  (Madri, Espanha)
 

20h30, no Teatro Pedro Ivo
Café não é só uma xícara, do Grupo Tápias (Rio de Janeiro / Paris)

 

Agende-se

Dança em Trânsito 2019
Quando: 22 e 23/8
Onde: teatros Pedro Ivo e Ademir Rosa, Ceart / Udesc e Largo da Catedral
Quanto: gratuito. Os ingressos para as apresentações nos teatros devem ser retirados na bilheteria uma hora antes 
Informações: www.dancaemtransito.com.br

Matérias Relacionadas