Filha de Lenny Kravitz, Zoë, estuda obra de Frank Miller para viver Mulher-Gato

19.06.2020 | 11h36 - Atualizada em: 21.06.2020 | 20h19
Leonardo Souza
Por Leonardo Souza
MG1 imagem divulgação

BLOG

Universo Compartilhado

Zoë Kravitz, que interpreta Mulher-Gato no próximo Batman, diz que está lendo o lendário "Batman: Ano Um" de Frank Miller para se preparar para o papel.

O próximo filme da DC, estrelado por Robert Pattinson como Batman, estava sendo filmado em Londres antes da pandemia interromper a produção de filmes em todo o mundo. Apesar do atraso na produção, The Batman ainda está programado para estrear nos cinemas em 2021. O longa, escrito e dirigido por Matt Reeves, seguirá um jovem Bruce Wayne em seu segundo ano como vigilante. Zoë Kravitz foi escalada para interpretar a Mulher-Gato, alter ego de Selina Kyle, personagem criada por Bill Finger e Bob Kane em 1940. "The Batman" será uma história de detetive, inspirada por várias séries clássicas dos quadrinhos, incluindo o icônico "Ano Um" de Frank Miller.

ZK1Imagem: Divulgação

Em recente conversa com Joshua Horowitz no podcast Happy Sad Confused, Zoë Kravitz confirmou que está lendo "Batman: Ano Um" (HQ publicada inicialmente em 1987), para se preparar para o papel. A atriz falou direto de sua casa em Londres, onde ficou trancada com o marido Karl Glusman durante a pandemia, e disse que a obra de Miller sobre o primeiro ano do Homem Morcego está em sua estante durante a quarentena. Inspirada, a atriz brincou: "é ótimo, é super f*da" e completou dizendo que o roteiro que Reeves escreveu é "fenomenal" e se não fosse pela interrupção das filmagens, seu traje de Mulher-Gato provavelmente já teria sido revelado.

Em "Batman: Ano Um", Selina Kyle é uma ladra habilidosa, apresentada ao público enquanto derrota Bruce Wayne. Mais tarde, ela entende que precisa vestir o traje de Mulher-Gato e combater o crime quando testemunha o Batman em ação, e se junta a ele brevemente para ajudar. Embora Reeves tenha dito que não cobrirá o primeiro ano de Batman como combatente do crime, é claro que Kravitz está aproveitando o tempo em casa e lendo a história de Miller para se manter empenhada. Provavelmente Reeves citou alguns elementos desta história para que a atriz trabalhe na construção da personagem, que sem dúvida acaba sendo uma perspectiva atraente. As versões de Mulher-Gato vistas na tela anteriormente se afastaram muito do lado sombrio da anti-heroína, e seria revigorante vê-la agindo de igual para igual com Batman e realmente mostrando o que pode fazer.

Zoë é a única filha de Lenny Kravitz, fruto do casamento do músico com a atriz Lisa Bonet. Seus pais se casaram em 1987, e se divorciaram seis anos depois, em 1993, quando ela tinha cinco anos. Do relacionamento de sua mãe com o ator Jason Mamoa, a atriz ganhou dois irmãos, Lola Iolani Momoa (nascida em Julho de 2007) e Nakoa-wolf Manakauapo Namakaeha Momoa (nascido em Dezembro de 2008).

Zoë Kravitz chegou a formar uma banda em 2013, a Lolawolf, batizada com a junção dos nomes de sua irmã Lola e do irmão Nakoa-Wolf, naturalmente influenciada pela música e talento do pai, que também é ator, já que morou com ele alguns anos. Nas últimas três décadas, Lenny Kravitz assumiu o controle de sua inspiração e a transformou em hits, ganhou quatro prêmios Grammy e, desde 1989, lançou uma sucessão de álbuns que foram certificados com ouro e multi-platina. Segundo Lenny, o processo criativo é um reflexo de seu estado de espírito no momento. Sempre ligado a família, o cantor e compositor conectou esta mesma inspiração aos sentimentos e escreveu músicas sobre seus pais, sua ex-esposa Lisa Bonet e também dedicou uma canção para a filha Zoë.

Destaque do segundo álbum de estúdio de Lenny Kravitz, "Mama Said" (1991), a música 'Flowers for Zoë' foi escrita como tributo para a filha, que na época tinha 13 anos. Em entrevista concedida à Rolling Stone, o artista comentou: "Essa foi a minha melodia para minha filha. Eu costumava colocá-la na cama e cantar, e então me ocorreu escrever uma canção de ninar para ela. É tudo sobre esse mundo mágico em que ela nasceu e todas as coisas belas que têm para experimentar e aprender. É um pouco de fantasia. É lindo. É uma música muito especial para mim."

Matérias Relacionadas