Hit do produtor e DJ brasileiro Vintage Culture chega ao 2º lugar do chart dance/club da Billboard

07.02.2020 | 20h00 - Atualizada em: 08.02.2020 | 15h14
Anna Rios
Por Anna Rios
 Vintage Culture

BLOG

Lounge Itapema

"In The Dark", uma parceria com os também brasileiros Fancy Inc, já conta com mais de 35 milhões de streams nas plataformas digitais

 

"In The Dark", faixa lançada no ano passado pelo DJ e produtor brasileiro Vintage Culture em parceria com os também brasileiros Fancy Inc., alcançou um feito inédito na carreira do artista: o segundo lugar no mundialmente cobiçado chart dance/club da maior publicação de música do mundo, a Billboard americana.

O single estreou no chart em dezembro e vem galgando posições deste então. Antes disso, "In The Dark" alcançou o topo dos charts do Beatport (maior site de compra de música online do gênero de música eletrônica do mundo) e foi tocada pelos aclamados DJs Hardwell, Tiësto e Martin Garrix (todos já foram #1 do mundo pela DJ Mag), além de Afrojack, Robin Schulz e Oliver Heldens.

"Estou muito feliz com mais essa conquista pra mim e pra música eletrônica brasileira. 'In The Dark' vem crescendo semana a semana, e atingir o pico de segunda música no chart da Billboard comprova que o público se conectou com a forte mensagem da música", comenta Lukas, o Vintage Culture.

Somando mais de 35 milhões de streams, incluindo as quase 14 milhões de visualizações apenas no vídeo oficial no canal do DJ e produtor no YouTube, a conquista da 2ª posição do chart de dance/club da Billboard vem para afirmar a constante boa fase na carreira do DJ e produtor, que inclusive já entrou na disputada lista Forbes Under 30, da revista Forbes.

Antes de "In the Dark", Vintage Culture já havia aparecido no ranking da Billboard com o seu single "Pour Over", que chegou à posição #16 em 2018. O produtor e DJ vem sendo considerado um dos 100 melhores DJs do mundo pela revista britânica DJ Magazine há cinco anos consecutivos.

Matérias Relacionadas