"Redemption Song", clássico de Bob Marley, ganha novo clipe comemorativo

06.02.2020 | 12h50 - Atualizada em: 07.02.2020 | 09h20
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
Lançada em outubro de 1980, "Redemption Song" fez parte do álbum final de Bob Marley, "Uprising"

BLOG

Mundo Itapema

O vídeo, todo feito em animação, abre oficialmente as comemorações do que teria sido o 75º aniversário do músico

A família de Bob Marley, a Universal Music e a Island Records se uniram para lançar um novo vídeo para Redemption Song, clássico de Bob Marley & the Wailers - o clipe celebra o aniversário de 40 anos da música é assinado pelos artistas franceses Octave Marsal e Theo De Gueltzl: ao longo de seus meses, os dois criaram quase três mil desenhos que procuram ilustrar a mensagem de emancipação da canção.

Em um comunicado oficial, os artistas declararam que se inspiraram nas histórias da Jamaica e da escravidão, na cultura Rastafári, na vida pessoal de Marley e no legado de ícones como HaileSelassie, Marcus Garvey e Malcolm X para compor o vídeo. Confira:

Lançada em outubro de 1980, Redemption Song fez parte do álbum final de Bob Marley, Uprising - o músico morreu de câncer no ano seguinte. O novo clipe da faixa faz parte da Marley75, uma celebração de um ano que homenageia a vida e a obra da lenda do reggae, que completaria 75 anos de idade nesta quinta-feira, dia 6 de fevereiro. Ao longo do ano, mais vídeos, além de artes, fotografias e mesmo versões inéditas de músicas, devem ser divulgadas.

Cedella Marley, filha de Bob Marley e uma das principais responsáveis por organizar a Marley75, disse à revista Billboard que, por mais que a família esteja unida e feliz em organizar a comemoração, a sensação também é "melancólica", por Bob Marley não poder estar presente. "Eu encaro dia após dia e agradeço a Deus diariamente por ter tido duas pessoas maravilhosas como pais", declarou. Sobre o trabalho na preservação e divulgação do legado do pai, ela brinca que "Bob Marley é meu chefe, e ele me mantém realmente ocupada. Mas eu amo meu trabalho. Eu estou na lama, plantando as sementes. Depois nós colhemos as flores."

Matérias Relacionadas