Julia Stone retoma carreira solo ao lado de novos parceiros

21.07.2020 | 08h32 - Atualizada em: 21.07.2020 | 08h43
Leonardo Souza
Por Leonardo Souza
JuSt121 imagem divulgação

BLOG

Giramundo

Depois de gravar no início do ano uma versão de 'Beds Are Burning' do Midnight Oil para projeto beneficente, Julia Stone finalmente anunciou seu retorno à carreira solo com a faixa "Break".

A cantora e compositora australiana Julia Stone está de volta com o primeiro single solo em oito anos, intitulado "Break". A faixa, produzida por St. Vincent, traz contribuições adicionais do guitarrista americano baseado em Paris, Bryce Dessner, do The National, e Stella Mozgawa, baterista australiana da banda de indie rock, Warpaint. 

Coproduzido por Thomas Bartlett (parceiro de Norah Jones e Sufjan Stevens), o single marca o primeiro lançamento de Julia Stone após o álbum "By the Horns", de 2012. Na época ela se uniu em seguida ao irmão como parte da dupla Angus & Julia Stone e lançou quatro discos com ele - sendo o mais recente, "Snow", de 2017. No entanto, no início de 2020, Julia montou o projeto "Songs For Australia", um álbum de compilação com a colaboração de diversos nomes da música australiana, reunidos para ajudar organizações no combate aos efeitos catastróficos dos violentos incêndios florestais na Austrália. Julia escolheu gravar uma versão de 'Beds Are Burning', da banda Midnight Oil.

Agora, de volta ao cenário musical com a eufórica "Break", Julia Stone abre novos caminhos para o processo criativo e mergulha em um estilo de instrumentação mais robusta, com sintetizadores e metais, citando David Byrne como inspiração. Segundo ela, essa recente mudança na direção musical está ligada à adrenalina de um novo romance. O single chega ao mercado junto com o videoclipe dirigido por Jessie Hill e coreografado por Andrew Winghart, todo filmado no final do ano passado na Cidade do México.

Matérias Relacionadas