Kurt Cobain certa vez escreveu uma carta para Arnaldo Baptista: "Cuidado com o sistema"

16.01.2020 | 10h40
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
Como não conseguiria encontrar o colega músico ao vivo, Cobain escreveu um bilhete para Baptista

BLOG

Let It Rock

O vocalista do Nirvana descobriu e se apaixonou pelo som dos Mutantes quando veio ao Brasil, em 1993

Em 1993, quando o Nirvana veio ao Brasil para fazer dois shows - em uma passagem que se tornou lendária, para o bem e para o mal -, o vocalista Kurt Cobain descobriu o som da banda Mutantes; e se apaixonou. Integrante do White Flag na época, Bill Bartell foi o responsável por apresentar o grupo brasileiro ao artista. Cobain gostou tanto que quis conhecer pessoalmente Arnaldo Baptista, mas o encontro infelizmente acabou não acontecendo.

Como não conseguiria encontrar o colega músico ao vivo, Cobain escreveu um bilhete para Baptista, em uma folha retirada do bloco de notas de um hotel: "Arnaldo, desejo a você o melhor", escreveu o líder do Nirvana. "Cuidado com o sistema. Eles te engolem e te cospem de volta como se fosse o caroço de uma cereja. Com amor, Bill Bartell, da Gasatanka Records e do White Flag, e Kurt Cobain, do Nirvana."

Leia também: MTV Unplugged do Nirvana vai ser relançado em vinil

No final da pequena carta, reproduzida recentemente pela revista Rolling Stone, ele desenhou a si mesmo, ao lado de Bartell, e completou com as palavras: "Os Mutantes. Amor. Brilhante. Genial. Boa diversão. Amigos."

Veja:

No final da pequena carta, Cobain desenhou a si mesmoFoto: Rolling Stone

Matérias Relacionadas