Mesmo após vencer Globo de Ouro, criadora de "Fleabag" descarta continuação da série: "Não mudei de ideia"

08.01.2020 | 10h45 - Atualizada em: 08.01.2020 | 10h55
Anna Rios
Por Anna Rios
Phoebe Waller-Bridge ganhou como Melhor Atriz em Comédia e Melhor Comédia, por "Fleabag"

BLOG

Universo Compartilhado

“Parece cada vez mais ser a decisão certa", disse Phoebe Waller-Bridge após a premiação

Fleabag era carta certa no baralho dos vencedores do Globo de Ouro de 2020. Com sua segunda temporada, o seriado da Amazon Prime Video emplacou as duas principais categorias de comédia: Melhor Atriz e Melhor Série.

Sua criadora, Phoebe Waller-Bridge, nem parecia tão surpresa ao ser anunciada duas vezes na premiação - uma feição bem diferente da cerimônia do Emmy Awards, em setembro de 2019, quando a dramaturga britânica ganhou em quatro categorias e, ao subir no palco pela quarta vez, ficou com os olhos arregalados e sem palavras no discurso de tão "chocada" que estava. 

Após o Emmy, Phoebe já havia descartado a criação de uma terceira temporada de Fleabag. E segue irredutível em relação à continuação da série. "Não mudei de ideia sobre a terceira temporada. Parece cada vez mais ser a decisão certa. (Esses prêmios) são apenas lindas despedidas", disse Phoebe ao site Deadline nos bastidores do Globo de Ouro.

Adaptação de uma peça de teatro criada e estrelada por Phoebe, Fleabag acompanha a história tragicômica de uma mulher solteira, dona de um café e viciada em sexo que, externamente, está sempre flertando com o público. Porém, usa isso como máscara para esconder a dor, a vergonha e a culpa diante da morte da melhor amiga e dos problemas familiares. 

Além da trama envolvente, Fleabag brinca com a chamada "quebra da quarta parede", quando a protagonista olha para a câmera como se estivesse conversando com o telespectador. É a cereja do bolo da série de apenas duas temporadas, com seis episódios cada, de 25 minutos de duração. Curta, rápida e envolvente.

Em 2020, então, não teremos mais Fleabag, mas certamente Phoebe está trabalhando em novas produções para a Amazon, com quem assinou um contrato milionário no ano passado. Além disso, a quarta temporada de Killing Eve, seriado da BBC que também possui sua assinatura, já foi confirmada

*por GaúchaZH

Matérias Relacionadas