Metallica anuncia relançamento de álbum clássico em duas versões

01.07.2021 | 20h09 - Atualizada em: 02.07.2021 | 07h26
Diane Bikel
Por Diane Bikel
Repórter
O álbum “The Black Album” chegou a entrar nos “500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos”, da revista Rolling Stone

BLOG

Let It Rock

A banda comemora o 30º aniversário do álbum“The Black Album"

O Metallica, para comemorar o 30º aniversário do álbum“The Black Album”, confirmou o relançamento do maior álbum da banda. O álbum de sucesso ganha uma remasterização e também, uma nova versão nas vozes de outros artistas - nesse caso, o com um novo nome: "The Metallica Blacklist". 

A pré-venda do “The Metallica Blacklist" já está no ar. Algumas faixas como “Nothing Else Matters”, gravada por Miley Cyrus (com WATT, Elton John, Yo-Yo Ma, Robert Trujillo, Chad Smith), e “Enter Sandman”, com Juanes também já foram disponibilizadas para os fãs.

A novidade foi feita para comemorar o aniversário de um dos discos mais bem-sucedidos comercialmente e aclamados de todos os tempos. 

O lançamento, feito em 1991, deu ao Metallica o primeiro álbum nº1 em 10 países, incluindo uma sequência de quatro semanas nas músicas mais ouvidas dos Estados Unidos. O álbum chegou a entrar nos “500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos”, da revista Rolling Stone. 

As músicas "Enter Sandman", "The Unforgiven", "Nothing Else Matters", "Wherever I May Roam" e "Sad But True" impulsionaram a ascensão da banda a headliners em estádios, rádio e na MTV. 

Um álbum, 12 músicas e 53 artistas

O The Metallica Blacklist, vem para celebrar a influência duradoura da banda e apresenta 53 artistas que já estiveram com a banda no decorrer dos anos. Todos escolheram, por si só, uma música para dar voz à nova versão.

“The Metallica Blacklist” estará disponível em variados formatos, incluindo físico e digital.

Toda a renda será dividida igualmente entre a All Within My Hands Foundation e mais de 50 instituições de caridade escolhidas pelos artistas que tocam no álbum. All Within My Hands foi fundada pela banda em 2017 como uma forma de toda a família Metallica retribuir às comunidades que sempre apoiaram a banda em prol da força de trabalho da educação, da luta contra a fome e outros serviços locais essenciais. 

Matérias Relacionadas