Montreux Jazz Festival comemora seu 54º ano com shows raros no YouTube

06.07.2020 | 09h12 - Atualizada em: 06.07.2020 | 11h05
Leonardo Souza
Por Leonardo Souza
Sve01 imagem divulgação

BLOG

Giramundo

Cancelado em meio ao COVID-19, o lendário Festival de Montreux comemora seu 54º ano no YouTube com 16 concertos completos especialmente escolhidos a partir de imagens raras de arquivo.

A última sexta-feira (3 de julho) teria sido a primeira noite do 54º festival anual de jazz de Montreux. Enquanto o evento de renome mundial foi cancelado em abril, em meio a preocupações com a pandemia global, os organizadores resolveram celebrar a história do evento cavando fundo em seus cofres para oferecer 16 incríveis apresentações de arquivo, algumas nunca disponíveis antes. O evento virtual, chamado de “54th Summer of Music”, começou via YouTube com a estreia mundial de um set de 1983 do lendário bluesman John Lee Hooker.

Entre as pérolas do extenso arquivo do lendário festival, serão publicados os sets de artistas como Nina Simone (1976), Charles Bradley (2016), Etta James (1993), Charles Mingus (1975), BB King (1993), Tom Misch (2019) e, para encerrar a programação, uma performance de Marvin Gaye realizada em 1980. Os organizadores também prepararam algumas surpresas, que serão compartilhadas nas mídias sociais oficiais nas próximas duas semanas.

Toda a receita de streaming dos 16 vídeos apoiará o Museu Nacional de Música Afro-Americana. Em comunicado, os organizadores disseram: "Desde o início em 1967, o Festival de Jazz de Montreux foi moldado e inspirado pela rica cultura da música afro-americana e de seus artistas".

Um dos eventos de música ao vivo mais conhecidos e celebrados da Europa, o Montreux Jazz Festival foi fundado em 1967 por Claude Nobs, Géo Voumard e René Langel, com ajuda de Nesuhi e Ahmet Ertegün da Atlantic Records. Ao longo das décadas, o festival suíço recebeu apresentações de grandes nomes da música, incluindo Prince, David Bowie, Miles Davis, Quincy Jones, Elton John, entre muitos outros.

A formação deste ano contaria com apresentações de Lionel Richie, Brittany Howard, Lenny Kravitz, Black Pumas e muito mais. A equipe do festival comunicou que parte da programação de 2020 será transferida para o evento do próximo ano, agendado para acontecer de 2 a 17 de julho de 2021.

O show de John Lee Hooker gravado em 1983 abriu a comemoração virtual do festival no YouTube no último fim de semana. Nesta segunda-feira é a vez de Suzanne Vega em sua segunda passagem pelo festival de Montreux em 2004. No set-list, além de grandes sucessos de sua carreira, como "Luka" e "Solitude Standing", a cantora e compositora apresentou uma versão de "Behind Blue Eyes", clássica canção escrita por Pete Townshend e lançada pelo The Who em 1971. Mais tarde, em 2003, a música ganhou uma releitura da banda Limp Bizkit e acabou sendo o tema do filme "Gothika".

Veja a programação completa do “54th Summer of Music” do Montreux Jazz Festival ou visite o site oficial aqui. O trailer montado especialmente para a divulgação do evento remoto conta com algumas cenas do festival e dos shows anunciados mas também com diversos artistas que já se apresentaram por lá, entre eles, o mestre Gilberto Gil. Confira abaixo.

3 de julho: John Lee Hooker - 1983
4 de julho: Charles Bradley - 2016
5 de julho: Dimeh, Slimka, Makala & Varnish la Piscine - 2016
6 de julho: Suzanne Vega - 2004
7 de julho: Rory Gallagher - 1979
8 de julho: Charles Mingus - 1975
9 de julho: Carlos Santana - 2004
10 de julho: Bang Bang Romeo - 2019
11 de julho: Angelique Kidjo And Friends - 2016
12 de julho: Nina Simone - 1976
13 de julho: Deep Purple with Orchestra - 2011
14 de julho: Etta James - 1993
15 de julho: BB King - 1993
16 de julho: Kenny Wayne Shepherd - 2019
17 de julho: Tom Misch - 2019
18 de julho: Rag'n'Bone Man - 2019 / Marvin Gaye - 1980

Matérias Relacionadas