Morte misteriosa de Elisa Lam, que viralizou em 2013, é tema de novo documentário da Netflix

09.02.2021 | 12h08
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
"Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil", da Netflix

BLOG

Universo Compartilhado

Em quatro episódios, "Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil" investiga um dos lugares mais infames de Los Angeles

Estreia na Netflix nesta quarta-feira (10) a primeira temporada de Cena do Crime, nova antologia focada no gênero true crime - ou seja, documentários sobre crimes e mortes misteriosas que aconteceram na vida real. A primeira temporada tem o subtítulo Mistério e Morte no Hotel Cecil, e investiga o hotel no centro de Los Angeles onde já aconteceram tantas mortes e suicídios desde o início dos anos 1930 que o local às vezes é chamado de "Hotel Morte".

Com direção de Joe Berlinger, a produção enfatiza a morte de Elisa Lam, estudante canadense que, em 2013, desapareceu no hotel - mais tarde, seu corpo foi encontrado dentro da caixa d'água do local. Além de ninguém nunca ter conseguido explicar o que aconteceu (as teorias variam de Lam ter sido morta afogada por outra pessoa a um suicídio acidental causado por um estado de consciência alterado por drogas), o último vídeo em que a jovem é vista, no elevador do hotel, viralizou à epoca.

Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil vai ter quatro episódios de 50 minutos cada. Recentemente, a Netflix lançou também Night Stalker: The Hunt for a Serial Killer, documentário sobre o notório serial killer Richard Ramirez - que inclusive é citado, também, em Mistério e Morte no Hotel Cecil.

Matérias Relacionadas