Nightwish remarca shows no Brasil para janeiro por causa do coronavírus

20.04.2020 | 13h55 - Atualizada em: 23.04.2020 | 09h30
Por Folhapress
Nightwish

BLOG

Let It Rock

Apresentações acontecem no Rio de Janeiro e em São Paulo

O Nightwish anunciou o adiamento dos shows que faria no Brasil, por causa da pandemia do novo coronavírus. As duas apresentações, que seriam em maio, passaram para janeiro de 2021: Rio de Janeiro (26/1 - Vivo Rio) e São Paulo (29/1 - Espaço das Américas).

Segundo a organização, os ingressos já adquiridos valem para as novas datas. A venda para a capital paulista se dá no site da Ticket 360. Já os tíquetes para a capital fluminense ficam disponíveis na Eventim. Os preços variam de R$ 70 a R$ 370. A banda finlandesa de heavy metal incluiu o Brasil na turnê na América do Sul. Eles também passam por Santiago (Chile), em 19 de janeiro, e Buenos Aires (Argentina), em 23 de janeiro.

O grupo, formado atualmente por Tuomas Holopainen (teclado), Erno "Emppu" Vuorinen (guitarra), Floor Jansen (vocal), Marco Hietala (baixo/vocal), Kai Hahto (bateria) e Troy Donockley (uilleann pipes, low whistles, vocal), volta ao Brasil após shows como o do Rock in Rio 2015 e no Tom Brasil, em 2018.

A Covid-19 tem causado o cancelamento de diversos eventos musicais. A produção do festival João Rock, em Ribeirão Preto (SP), decidiu reagendar o evento, que seria em junho, para setembro. O Breve Festival, em Belo Horizonte, passou de 16 de maio para 31 de outubro. Para a terceira edição, estão confirmados as principais atrações divulgadas inicialmente: Ney Matogrosso, Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo, no Grande Encontro, Racionais MC's e os cubanos do Orishas.

Os Backstreet Boys, trazidos pela Live Nation ao país, adiaram a última apresentação que fariam em São Paulo e ainda não foi reagendada. Já o Metallica teve as datas rearranjadas para dezembro - inicialmente seriam em abril. Enquanto o Kiss resolveu remarcar eventos de maio para novembro no Brasil. O Lollapalooza Brasil, agendado para 3, 4 e 5 de abril, no autódromo de Interlagos (zona sul de São Paulo), foi reagendado para os dias 4, 5 e 6 de dezembro. As versões da Argentina e do Chile seguiram o mesmo movimento e, do fim de março, passam para o fim de novembro.

Ainda no Brasil, os sete shows da boy band inglesa McFly, que seriam em março, foram transferidos para setembro e outubro: São Paulo (24/9), Curitiba (25/9), Porto Alegre (27/9), Uberlândia (29/9), Ribeirão Preto (1º/10), Belo Horizonte (3/10) e Rio de Janeiro (4/10). A passagem conjunta de Offspring e Pennywise pelo país, em março, também foi adiada por tempo indeterminado.

O Coachella, um dos principais festivais do mundo, foi remarcado nesta semana. O evento na Califórnia seria realizado de 10 a 12 e 17 a 19 de abril. Agora, vai ser de 9 a 11 e de 16 a 18 de outubro. O Rock in Rio Lisboa anunciou que a edição 2020 foi adiada para 2021.

Performances de bandas como o Pearl Jam e da cantora Madonna também tiveram de ser canceladas. O grupo liderado por Eddie Vedder adiou a primeira parte da turnê Gigaton, que começaria em 18 de março e contaria com 17 shows na América do Norte. Em Paris, Madonna seguiu a recomendação da polícia local e cancelou duas apresentações da turnê Madame X, em 10 e 11 de março.

Nightwish no Brasil em 2021

São Paulo

Quando: 29 de janeiro de 2021

Onde: Espaço das Américas

Quanto: R$ 95 a R$ 370

Mais informações: ticket360.com.br

Rio de Janeiro

Quando: 26 de janeiro de 2021

Onde: Vivo Rio

Quanto: R$ 70 a R$ 230

Mais informações: eventim.com.br

Matérias Relacionadas