Nova série do universo de "The Witcher" vai se passar 1,2 mil anos antes do seriado original

31.07.2020 | 15h21 - Atualizada em: 06.08.2020 | 09h37
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
Com Henry Cavill no papel do protagonista Geralt de Rivia, "The Witcher" estreou na Netflix no final de 2019

BLOG

Universo Compartilhado

"Blood Origin" vai contar a história de origem do primeiro Witcher

The Witcher, a série de fantasia da Netflix inspirada na saga de livros de mesmo nome, escrita pelo polonês Andrzej Sapkowski, vai ganhar um prequel: The Witcher: Blood Origin vai se passar no mundo élfico, 1,2 mil anos antes do seriado original, e contar a história de origem do primeiro Witcher. O anúncio foi feito pela Netflix via Twitter.

Blood Origin vai ser dividida em seis episódios, e comandada por Declan de Barra, roteirista e supervisor de produção de The Witcher; com Lauren Schmidt Hissrich atuando como produtora executiva. O próprio Andrzej Sapkowski assume o papel de consultor criativo. "Eu sou fã de histórias de fantasia desde sempre, e estou mais do que empolgado em contar a história de The Witcher: Blood Origin", declarou de Barra, por meio de um comunicado. "Desde que eu li os livros de The Witcher pela primeira vez, esta pergunta sempre esteve na minha mente: como o mundo dos elfos realmente era antes da chegada dos seres humanos?"

Com Henry Cavill no papel do protagonista Geralt de Rivia, The Witcher estreou na Netflix no final de 2019, tornando-se um sucesso instantâneo e garantindo a renovação para a segunda temporada. A plataforma de streaming também trabalha em outro spin-off do seriado; The Witcher: Nightmare of the Wolf, um longa-metragem em formato anime que vai contar a história de origem de Vesemir, mentor de Geralt.

Matérias Relacionadas