Panini lança no Brasil a fabulosa HQ "X-Men Grand Design"

16.09.2020 | 06h46 - Atualizada em: 23.09.2020 | 13h43
Leonardo Souza
Por Leonardo Souza
XMGD087 imagem divulgação

BLOG

Universo Compartilhado

X-Men: Grand Design é uma revista escrita e desenhada por Ed Piskor, indicada a diversos prêmios nos EUA, que resume mais ou menos os primeiros 20 anos da franquia mutante.

Ed Piskor é o autor da aclamada HQ Hip-Hop Genealogia, que narra a trajetória do Hip Hop, publicada no Brasil pela editora Veneta em formato gigante, que até lembra um disco de vinil. Piskor ganhou elogios do público e da crítica especializada, venceu o prêmio Eisner (o Oscar das HQs) e a HQ virou best-seller do New York Times. O sucesso foi tão grande que ele decidiu levar sua paixão para o Universo Marvel e o resultado é igualmente fantástico.

O projeto 'X-Men Grand Design' - lançado recentemente no Brasil pela editora Panini - em sua totalidade, é uma carta de amor de Ed Piskor aos X-Men. Esta carta é endereçada a todos os fãs ardorosos dos mutantes, assim como Ed Piskor. Se você é um iniciante na mitologia dos X-Men e está querendo ler as histórias pela primeira vez, esta edição não é pra você. O risco para quem nunca leu os quadrinhos dos mutantes é achar pouco desenvolvimento dos personagens, alguns fatos são resolvidos muito rapidamente com a conclusão de algumas sagas resolvidas em duas páginas, por exemplo. Mas se você já é fã e conhece as histórias, 'X-Men Grand Design' foi feita pra você, no entanto, para quem é um iniciado nos quadrinhos a experiência pode ser espetacular.

X14Imagem: Divulgação

Na HQ, Ed Piskor fala de igual pra igual com o fã de X-Men, então se você não tiver toda uma bagagem de conhecimento, a leitura pode ser um pouco confusa. Claro que quem assistiu aos filmes poderá fazer alguns links com as histórias, porque o básico dos X-Men já foi abordado nas telas ou nas animações. Com o conhecimento do passado dos personagens, ou acontecimentos marcantes, como a história do professor Xavier ou o relacionamento de Scott Summers com Jean Grey por exemplo, fica mais fácil entender o que o autor está falando, além de revisitar e complementar as experiências já conhecidas dos quadrinhos.

Ed Piskor não só conta todos os fatos iniciais dos gibis como vai além, porque ele não se limitou em apenas recontar as histórias, ele as ordena com uma sagacidade de um verdadeiro fã. Por exemplo, ele é atento o suficiente em saber que teve um retcon na Marvel que colocou o Namor como o primeiro mutante, ou seja, a história começa com o ataque inicial do Príncipe Submarino à cidade de Nova York, publicada na década de 1950. Piskor também inclui o encontro de Wolverine com o Capitão América na segunda guerra mundial e várias coisas que aconteceram na carreira dos X-Men que se tornaram retcons - como o fato do Professor X colocar barreiras mentais em Jean Grey para que ela não perdesse o controle dos poderes.

Piskor revisita os fatos que foram apresentados nos quadrinhos fora da ordem de cronologia e reordena tudo. Só uma pessoa apaixonada e que entenda muito sobre o universo dos mutantes conseguiria fazer. Para executar o projeto, Piskor contou com a assessoria de Chris Claremont - roteirista conhecido principalmente por sua fase de 16 anos escrevendo histórias dos X-Men. O estilo que Claremont concebeu para os X-Men se tornou referência para as histórias de equipes de super-heróis desde então. Ou seja, ninguém menos que o maior especialista em X-Men do mundo, deu o seu aval para o projeto.

Ed Piskor já lançou nos EUA mais dois volumes, continuando 'X-Men Grand Design', "Second Genesis" e "X-tinction", que a Panini deve lançar em breve. A Marvel gostou tanto do projeto que está replicando o formato de Piskor com o Quarteto Fantástico, a Casa De Ideias lançou no início deste ano, 'Fantastic Four Grand Design', desta vez assinado por Tom Scioli, outro apaixonado por quadrinhos, tanto que lançou a biografia do genial Jack Kirby. 'X-Men Grand Design' está disponível nas livrarias e na amazon aqui. Ed Piskor esteve na New York Comic-Con em 2017 e comentou sobre sua HQ, veja abaixo acessando as legendas do YouTube.

Matérias Relacionadas