Paul McCartney, Bob Dylan, Mick Jagger: artistas prestam homenagens a Little Richard

12.05.2020 | 05h03 - Atualizada em: 12.05.2020 | 07h11
Leonardo Souza
Por Leonardo Souza
LR01

BLOG

Giramundo

A morte de Little Richard fez toda uma geração da música vir a público para reverenciá-lo.

O mundo da música está em luto pela perda de uma de suas maiores lendas neste último sábado, 09 de maio. De acordo com informações da família, em entrevista concedida à revista Rolling Stone, a causa da morte de Little Richard, aos 87 anos, em Nashville, foi um câncer nos ossos.

Logo que saiu a notícia do falecimento do "Arquiteto Do Rock'N'Roll" e um dos artistas mais influentes do século XX, imediatamente, diversos músicos foram às mídias sociais para lamentar a perda e prestar suas homenagens. Entre eles, os gigantes Jagger, McCartney e Dylan, escreveram textos emotivos saudando a obra e a importância de Richard no Twitter.

"De ‘Tutti Frutti’ a ‘Long Tall Sally’, de ‘Good Golly, Miss Molly’ a ‘Lucille’, Little Richard entrou gritando na minha vida quando eu era adolescente. Devo muito ao que faço a Little Richard e seu estilo; e ele sabia disso. Ele dizia: “Ensinei a Paul tudo o que ele sabia.Tenho que admitir que ele tem razão. No começo dos Beatles, tocamos com Richard em Hamburgo e pudemos conhecê-lo. Ele nos deixava ficar em seu camarim, onde testemunhávamos seus rituais antes do show, com a cabeça debaixo de uma toalha sobre uma tigela de água quente fumegante e de repente, ele levantava a cabeça em direção ao espelho e dizia: ‘Não posso evitar, porque sou muito bonito’. E era. Um grande homem com um adorável senso de humor e alguém que fará falta para a comunidade do rock and roll e muito mais. Agradeço a ele tudo o que me ensinou e a gentileza que demonstrou ao me deixar ser seu amigo", disse Paul McCartney.

"Estou tão triste por ouvir sobre a morte de Little Richard, ele foi a maior inspiração do meu início da adolescência e sua música ainda tem a mesma energia elétrica bruta quando você a toca agora, assim como quando tocou pela primeira vez na cena musical em meados dos anos 1950. Quando estávamos em turnê com ele, eu assistia seus movimentos todas as noites e aprendia com ele como entreter e envolver o público e Richard sempre foi muito generoso com conselhos para mim. Vou sentir sua falta Richard, Deus o abençoe", escreveu Mick Jagger.

“Acabei de ouvir a notícia sobre Little Richard e estou muito triste. Ele era minha estrela brilhante e a luz que me guiava de volta quando eu era apenas um garotinho. O espírito dele era o que me levou a fazer tudo o que fiz. Estive em alguns shows com ele na Europa no início dos anos 1990 e ficava muito em seu camarim. Richard sempre foi generoso, gentil e humilde. E ainda era explosivo como intérprete e músico, você ainda pode aprender muito com ele. Claro que ele viverá para sempre. Mas é como se parte de nossas vidas fosse embora", comentou Bob Dylan.

Confira as homenagens dos artistas publicadas no último fim de semana no Twitter. Caso as imagens não abram, atualize a página.

Se estivesse vivo, provavelmente Freddie Mercury teria algo a dizer sobre a morte de Little Richard, mas uma homenagem virou registro. O Queen celebrou Richard com uma versão de "Tutti Frutti" no DVD lançado em 2012 - 'Hungarian Rhapsody: Queen Live In Budapest', um concerto filmado na Hungria, em 27 de julho de 1986.

Matérias Relacionadas