Pesquisador descobre filme perdido que inspirou uma das últimas músicas de John Lennon

05.10.2020 | 09h41
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
"Grow Old With Me" foi gravada em novembro de 1980, um mês antes da morte de John Lennon

BLOG

Mundo Itapema

No livro "John Lennon 1980: The Last Days in the Life", Kenneth Womack revela, entre outras coisas, a origem da canção "Grow Old With Me"

Um dos maiores questionamentos dos fãs a respeito das inspirações de John Lennon foi respondido por um pesquisador especializado em história da música: afinal, qual foi o filme que deu origem à canção Grow Old With Me, umas das últimas gravadas pelo Beatle antes de sua morte, em 1980? Isso porque o próprio Lennon afirmou, em entrevista da época, que teve a ideia para a letra depois de assistir a "um filme sobre baseball" durante uma viagem a Bermudas - mas nunca contou qual foi o tal filme.

Segundo Kenneth Womack, que está lançando o livro John Lennon 1980: The Last Days in the Life, sobre os últimos dias de vida do artista, o filme em questão é A Love Affair: The Eleanor and Lou Gehrig Story; produção feita para TV em 1978 que conta a história de Lou Gehrig, jogador lendário do time New York Yankees, que morreu de esclerose lateral amiotrófica aos 37 anos de idade.

Grow Old With Me começa com um trecho do poema Rabbi ben Ezra, escrito em 1864 por Robert Browning, que diz: "Grow old with me/ The best is yet to be", algo como "envelheça comigo, porque o melhor ainda está por vir". Em A Love Affair: The Eleanor and Lou Gehrig Story, a personagem Eleanor, interpretrada pela atriz Blythe Danner, recita exatamente o mesmo trecho do mesmo poema.

Grow Old With Me foi gravada em novembro de 1980, um mês antes da morte de John Lennon; e lançada em Milk and Honey, de 1984, um álbum póstumo com Yoko Ono. Uma versão orquestral da música, produzida por George Martin, apareceu também em John Lennon Anthology. No ano passado, Ringo Starr e Paul McCartney fizeram juntos um cover da faixa.

Matérias Relacionadas