Roberta Sá revisita sua discografia em série de lives

20.05.2020 | 12h39 - Atualizada em: 20.05.2020 | 13h12
Leonardo Souza
Por Leonardo Souza
RS01 imagem divulgação

BLOG

Giramundo

Desde o início da quarenta, Roberta Sá tem presenteado seus fãs com lives semanais em que canta sempre acompanhanda do violão ou ukelele.

No começo do isolamento social, devido à pandemia do novo coronavírus, Roberta Sá aproveitou seu canal no YouTube e o Instagram para conversar com os fãs em lives intimistas e cantar sucessos dela e de outros artistas como Marisa Monte, Maria Bethânia, Chico César e Zélia Duncan, em charmosas transmissões feitas da própria casa. Contudo, desde o dia oito de maio, a cantora resolveu revisitar sua discografia em lives que estão sendo feitas com as bases originais das gravações dos álbuns.

Chamada de "8ito", a série de lives apresenta retrospectivas onde a ideia da artista é reproduzir os discos na íntegra, em ordem de lançamento, alinhando os oito álbuns lançados em 15 anos de carreira. Antes da pandemia e do isolamento social, Roberta Sá já estava pensando em sair em turnê com show de repertório focado em todos os seus álbuns em comemoração aos 40 anos de idade. No entanto, a oportunidade perfeita para este momento é o YouTube. Ao longo de oito sextas-feiras, ela canta ao vivo e conta detalhes e curiosidades sobre cada faixa, com o propósito de dividir com o público as histórias das gravações. A live mais recente é sobre o disco "Que Belo Estranho Dia Pra Se Ter Alegria", nada mais atual.

Confira a programação das lives:

8 de maio – ‘Braseiro’ (2005)
15 de maio – ‘Que Belo Estranho Dia Pra Se Ter Alegria’ (2007)
22 de maio – ‘Pra Se Ter Alegria – Ao Vivo’ (2009)
29 de maio – ‘Quando o Canto é Reza’ (2010)
5 de junho – ‘Segunda Pele’ (2012)
12 de junho – ‘Delírio’ (2015)
19 de junho – ‘Delírio no Circo’ (2016)
26 de junho – ‘Giro’ (2019)

Matérias Relacionadas