Surf Festival promoveu oito dias de festa na Praia Mole

08.01.2020 | 15h15 - Atualizada em: 08.01.2020 | 15h52
Anna Rios
Por Anna Rios
Geral Surf Festival Praia Mole

BLOG

Mundo Itapema

Atrações nacionais e internacionais se apresentaram ao longo do evento

Teve pés descalço, aulão de altinha, campeonato de surf, show internacional e aclamadas atrações locais em um evento onde as pessoas levavam seu copo de casa, não deixavam lixo no chão, e alguns ainda chegavam de barco, via Lagoa da Conceição, desembarcando no Selina, rede de hospitalidade de bandeira internacional que agora assina a operação do hotel em frente à Praia Mole.

O Surf Festival, que aconteceu de 27 de dezembro a 5 de janeiro no acesso principal da praia, captou a essência de Floripa desde suas parcerias, onde algumas das oito festas - todas com início ao pôr do sol - tiveram assinatura do The Search House, Lay Back Park, Casa Flutuar e Bosque 55, ícones do novo movimento de entretenimento do sul e leste da Ilha.

Entre as atrações que subiram no palco estiveram os norte-americanos Citizen Cope, Slightly Stoopid e Shwayze; além dos brasileiros Marcelo D2, Raimundos, Rael, Lagum e Flora Matos. Flora Cruz, Sound Trio e o DJ Felipe Martins estiveram entre as atrações locais. Na pista, presenças como as tops Isabeli Fontana, que veio acompanhada do marido Di Ferrero - que deu canja em alguns shows -, e da diva Alessandra Ambrósio, convidada especial do Selina.

A programação do Surf Festival foi além das festas e reuniu atividades relacionadas a esportes, bem estar e saúde. Durante todo o dia, aulões de funcional, yoga e meditação/respiração foram ministrados por parceiros locais para grupos que reuniam turistas e moradores da região. Aulas de altinha, esporte que tem se tornado febre nas praias do litoral brasileiro, também aconteceram no espaço do evento, assim como trilhas para o Gravatá, no canto direito da Praia Mole.

Matérias Relacionadas