Tom Felton organiza evento virtual celebrando 19 anos de "Harry Potter" nos cinemas

16.11.2020 | 09h56 - Atualizada em: 16.11.2020 | 10h33
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
"Harry Potter e a Pedra Filosofal" foi lançado em 2001

BLOG

Universo Compartilhado

O ator, que interpreta Draco Malfoy nos filmes, exibiu vídeos gravados por artistas como Daniel Radcliffe, Jason Isaacs, Evanna Lynch e James e Oliver Phelps

Tom Felton, o Draco Malfoy da saga Harry Potter, promoveu no último sábado (14) uma festa virtual para celebrar os 19 anos de lançamento do primeiro filme da franquia, Harry Potter e a Pedra Filosofal: de casa, por meio da plataforma Veeps, o ator conversou com fãs e contou histórias relativas à sua jornada interpretando Draco Malfoy - além de ter apresentado vídeos gravados por alguns de seus "ex-colegas" de Hogwarts.

De casa, por meio da plataforma Veeps, Tom Felton conversou com os fãsVeeps/Reprodução

Entre os artistas que enviaram vídeos comentando como se sentem a respeito de Harry Potter quase vinte anos depois, estão Rupert Grint (que interpretou Ron Weasley), os gêmeos James e Oliver Phelps (Fred e George Weasley), Bonnie Writgh (Ginny Weasley), Evanna Lynch (Luna Lovegood), Jason Isaacs (Lucius Malfoy); além do próprio Daniel Radcliffe (Harry Potter) - que é conhecido por ser mais recluso, e normalmente não se envolver nos eventos relacionados à saga que o fez famoso. O diretor dos dois primeiros filmes de Harry Potter, Chris Columbus, também mandou um recado aos fãs.

"Meu primeiro pensamento é que isso é apenas uma prévia da nostalgia na qual estaremos imersos no próximo ano, quando chegarmos a vinte anos da série", comentou Danie Radcliffe em seu vídeo. Já Rupert Grint contou sobre a diversão que o elenco sempre tinha quando se reunia para gravar: "Eu me lembro que tínhamos vontade de rir nas cenas mais inadequadas - e, quando você começa a rir, é muito difícil parar. Eu tinha uma reputação particularmente ruim: eles me chamavam de 'Go Again Grint' (algo como "faça de novo, Grint"), porque eu não conseguia fazer nada sem repetir umas vinte vezes."

Confira:

Matérias Relacionadas