Continuação literária de "The Handmaid's Tale" também será adaptada para a TV

Por Anna Rios
Elizabeth Moss em "The Handmaid's Tale"

BLOG

Universo Compartilhado

"The Testaments" retrata personagens 15 anos após o primeiro livro

Por GaúchaZH

The Testaments, novo livro da escritora Margaret Atwood, vai ser adaptado para a TV. A obra é uma continuação do sucesso The Handmaid's Tale (O Conto da Aia)

O novo projeto foi garantido pelo serviço de streaming Hulu e pelo estúdio MGM, parceiros na versão televisiva de The Handmaid's Tale. Segundo o site Bleeding Cool, trata-se de uma série, e Margaret, mesmo não estando envolvida diretamente na produção, entregou um direcionamento aos roteiristas. 

— O que entreguei para eles, em uma sala de escrita trancada que ninguém pode entrar — inclusive eu — é uma nova trama e personagens. A história do elenco na série está aberta, então é tarefa de Bruce Miller (criador da série) e sua equipe de roteiristas altamente competentes encontrar formas de encaixar essas novas pessoas — disse a escritora.

The Testaments começará a ser vendido nos Estados Unidos a partir de 10 de setembro, mas ainda não há previsão para a chegada no Brasil. O livro se passa 15 anos depois do final de O Conto da Aia e é narrado por três personagens femininas.

Em uma entrevista à revista americana Time, Margaret Atwood revelou detalhes sobre o novo livro. 

— Em vez de trazer a perspectiva de Offred, The Testaments é narrado por três outras mulheres ligadas a Gileade: uma jovem criada na sociedade opressora; uma adolescente canadense que descobre que ela realmente nasceu lá; e a tia Lydia, a vilã do romance e da série — afirmou a autora.

Assim como Offred (Elizabeth Moss), Lydia já existe na TV e é interpretada pela atriz Ann Dowd. 

Capa do novo livro de Margaret AtwoodFoto: Divulgação

— Eles não puderam manter Offred em Gilead por muitas razões, ou certamente porque a roda precisava continuar girando — acrescentou Atwood, que começou a escrever essa sequência em 2016. The Handmaid's Tale, a série, estreou na TV em 2017.

Na época em que Atwood começou a escrever The Testaments, o produtor Bruce Miller já havia dito que os novos livros da autora poderiam impactar o seriado The Handmaid's Tale.

— Acredito que Margareth nos vê como bons representantes de suas personagens e procuramos trabalhá-las de forma que faça sentido à autora. Não sei se ela seguirá os nossos caminhos em seu próximo livro — comentou o  produtor.

Na TV, The Handmaid’s Tale foi além do livro. A primeira temporada conta toda a história relatada na obra, porém os fatos mostrados no segundo e no terceiro ano foram construídos especialmente para a televisão. O seriado está disponível no Globoplay.

Matérias Relacionadas