Banda Grey Daze lança "Amends", álbum que homenageia Chester Bennington

30.06.2020 | 14h10
Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
A Grey Daze é a banda da qual o vocalista Chester Bennington fez parte antes de estourar mundialmente no Linkin Park

BLOG

Let It Rock

Divulgando a estreia, o grupo compartilhou o clipe da faixa "Morei Sky"

A Grey Daze é a banda da qual o vocalista Chester Bennington fez parte antes de estourar mundialmente no Linkin Park - e, agora, lança Amends, um aguardado disco em homenagem ao cantor, que morreu em julho de 2017. O registro sai via Loma Vista Recordings.

O lançamento de Amends segue meses de construção de um trabalho que serve como um tributo ao artista. Os integrantes do Grey Daze - Sean Dowdell, Mace Beyers e Cristin Davis -, ao lado de membros da família de Bennington - sua esposa Talinda Bennington; seus pais, Susan e Lee; e seu filho Jaime -, criaram a narrativa que sustentou a promessa de finalizar as onze músicas do álbum. conclusão de uma promessa de ver o álbum de onze músicas até a conclusão. O grupo compartilhou histórias e insights sobre como Amends se tornou realidade por meio de um mini-documentário; uma série de oito vídeos intitulada Making Amends - veja o trailer abaixo:

Vários vídeos já foram divulgados para as canções do disco, oferecendo aos fãs uma visão de alguns dos primeiros momentos musicais de um dos cantores mais queridos da música rock moderna. What's In The Eye exibiu imagens ao vivo da banda, compartilhando alguns dos primeiros momentos de Chester como vocalista. Sickness retratou a história de Sean se tornando o "irmão mais velho" de Chester depois de testemunhá-lo sendo intimidado. Sometimes provou o quão poderosas as letras de Chester eram, mesmo na adolescência, com o clipe exibindo suas palavras como pano de fundo para a crise do coronavírus. Soul Song foi um dos mais emocionantes, com o filho de Chester, Jaime Bennington, escrevendo e dirigindo o clipe. Agora, o vídeo de Morei Sky vem se juntar à coleção:

Amends é a história de origem de uma das vozes mais reconhecíveis do rock moderno e também um momento entre amigos. O álbum é o cumprimento de uma reunião planejada da Grey Daze, que Chester já havia anunciado antes de sua morte prematura. Dowdell, Beyers e Davis selecionaram faixas prayicamente desconhecidas do catálogo da banda em meados dos anos 1990 e as regravaram em 2019, para acompanhar os vocais remasterizados de Bennington.

Matérias Relacionadas